Por Regina Lacerda

Durante o processo de aprendizagem poderá surgir empecilhos, os quais prejudique que o processo avance e flua com naturalidade, dentro das condições, em que cada criança ou adolescente se encontre.

Ao analisamos uma criança ou adolescente que apresente uma dificuldade de aprendizagem, não podemos desconsiderar as causas externas e internas que influenciam. A combinação de ambas define o processo de aprendizagem da cada indivíduo.

Existem condições externas e internas para que a aprendizagem aconteça com êxito. As condições externas correspondem aos estímulos que são oferecidos a criança ou adolescente para que ele venha aprender algo. Já as condições internas se relacionam diretamente aos aspectos orgânicos, cognitivos e comportamentais da criança ou adolescente para a aprendizagem.

Quando o meio for precário e inadequado para brincar, quando a família não se constituir de forma organizada, onde cada um de seus membros tenha um papel definido, quando o diálogo não existir de maneira clara entre eles, não permitindo que as informações circulem, quando a escola não reconhecer a subjetividade de seu aluno, todos estes fatores associados serão geradores de problemas de aprendizagem.

o mencionarmos o fator de ordem interna, por exemplo, temos que ponderar sobre o seu grau de motivação, interesse, desejo, necessidade de aprender da criança e ou adolescente. Aos fatores de ordem externa, temos que observar o social, o meio em que o sujeito vive o econômico, o clima de aprendizagem que se estabelece entre o sujeito e sua forma de aprender.

 a questão é devolver à criança este prazer de aprender, o prazer de resolver um problema, o prazer do tipo olímpico de poder ganhar do problema. O problema é o desafio, o assunto é a alegria ou a força com a qual a criança toma o desafio e luta para solucionar o problema. ” (PAÍN, 2000)

Cada criança/adolescente aprende a seu modo, do seu jeito, dentro de um ritmo e tempo próprios, as intervenções internas e/ou externas são motivações, estímulos que produzem no sujeito uma forma muito especial de aprender. Os fatores internos e externos incrementam tanto a possibilidade de avançar, como a de não poder ir adiante.

Nossa dica: Para que a aprendizagem aconteça um dos fatores externos que resulta em um fator interno é:

 Ambiente tranquilo!