A empresa de segurança ESET liberou nesta quinta-feira, 28, um relatório que mostra as principais tendências em segurança da informação para este ano. Entre os temais de mais destaque em 2016 estão o crescimento dos golpes que tem como objetivo a exploração de dispositivos conectados, a internet das coisas, e o aumento das ameaças a dispositivos móveis. Confira:

1. Internet das coisas
De acordo com a ESET, o crescimento do uso dos dispositivos conectados à internet aumenta a possibilidade de que eles sejam alvos de ataques virtuais. “Temos visto vários casos de repercussão mundial de ataques a dispositivos conectados que visam explorar suas vulnerabilidades. Isso porque, cada vez mais, esses aparelhos contam com diferentes formas de conexão que podem ser feitas, inclusive, remotamente”, afirma o Presidente da ESET Brasil.
2. Ransomware
O ramsomware, tipo de ataque que “sequestra” um dispositivo e exige um pagamento como “resgate”, também deve crescer neste ano. Segundo a empresa de segurança, essa modalidade está focada no sistema operacional Windows, mas também pode afetar os dispositivos móveis – em especial o Android, devido ao grande número de usuários.
3. Ameaças e vulnerabilidades em dispositivos móveis
Com a popularização de dispositivos móveis no mundo todo, as vulnerabilidades encontradas em smartphones e tablets se tornam cada vez mais atrativas para os criminosos. O estudo mostra que o tipo de golpe mais aplicado é aquele que usa o WhatsApp e o Facebook para propagar vírus.
A ESET prevê que o número de campanhas de malware para múltiplas plataformas e os golpes aplicados para roubo de credenciais bancárias e de dados privados dos usuários deve aumentar em 2016. Portanto, fique atento: não clique em links suspeitos e mantenha sempre um bom antivírus instalado em seu dispositivo.

 

Fonte: olhardigital.uol.com.br/